Offcanvas Section

You can publish whatever you want in the Offcanvas Section. It can be any module or particle.

By default, the available module positions are offcanvas-a and offcanvas-b but you can add as many module positions as you want from the Layout Manager.

You can also add the hidden-phone module class suffix to your modules so they do not appear in the Offcanvas Section when the site is loaded on a mobile device.

No caminho do trabalho esta semana me deparei com uma cena que me levou a visualizar, em um futuro próximo, um grave problema social que a maior cidade do País (São Paulo), está enfrentando: o grande número de moradores de rua e usuários de drogas. 

A atual gestão pública da capital paulista padece desse infortúnio e procura de diversas formas, até o momento sem muito sucesso, reverter esta situação.

Em Mossoró, já se percebe o crescimento desses grupos. Já existem até mesmo crianças nos sinais de trânsito mendigando uma “ajuda”. Moro próximo a uma instituição que oferece comida e local para dormir a estas pessoas. Uma ação louvável e digna de admiração. Porém, não resolve o problema. Na verdade, não é responsabilidade de tais instituições solucionarem essa questão. É um problema da gestão pública atual e que será agravado para as próximas administrações se providências urgentes não forem tomadas. 

Mas como reverter ou pelo menos amenizar essa situação? 

A solução está em investimentos na educação. Ou seja, na raiz do problema, pois é necessário apagar o fogo eliminando a sua fonte. A maioria dessas pessoas nasceram em famílias desfeitas e não têm perspectivas de futuro, por isso não percebem na educação o rumo para melhorar seu destino, até porque nossas escolas não são fontes de estímulo para isso. 

Fernando Dolabela, renomado autor e palestrante, alerta que o ensino do empreendedorismo nas escolas pode ser um potencial instrumento de inclusão social. O referido autor fomenta um projeto nas regiões sul e sudeste do País que introduz o ensino do empreendedorismo para crianças a partir dos quatro anos de idade.

Na concepção do projeto, Dolabela elaborou um conceito de empreendedor que pode ser entendido por qualquer criança: “o empreendedor é aquele que sonha e busca tornar seu sonho em realidade”. Diante disso, as crianças são questionadas sobre: qual é o seu sonho? O que você está fazendo para realizá-lo? 

O objetivo do projeto é instigar a criança a sonhar e direcioná-la na busca da autorrealização, pois o empreendedorismo é uma forma de ser. Com certeza nenhuma delas sonha mendigar na rua.

Por que essa ação não pode ser a solução para não sermos a São Paulo de amanhã? Utopia? 

Pode ser, entretanto, não é segredo que as nações que priorizam uma educação de qualidade estão no topo do ranking em termos de qualidade de vida e equiparação de renda. A educação é sim um condutor de distribuição de renda. Portanto, vamos proporcionar oportunidades hoje para não estarmos “enxugando gelo” amanhã. Vamos permitir que nossas crianças sonhem. Além disso, vamos adequar ferramentas que lhes permitam realizar tais sonhos.

Rita Maria G. dos Santos

Mestre em Administração

e-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.