Offcanvas Section

You can publish whatever you want in the Offcanvas Section. It can be any module or particle.

By default, the available module positions are offcanvas-a and offcanvas-b but you can add as many module positions as you want from the Layout Manager.

You can also add the hidden-phone module class suffix to your modules so they do not appear in the Offcanvas Section when the site is loaded on a mobile device.

O maior Encontro de Legislativos Municipais do país, acontece de 23 a 26 abril de 2018, na MARCHA DOS VEREADORES.

O presidente da União dos Vereadores do Brasil – UVB, vereador Gilson Conzatti, é categórico em afirmar que os vereadores e vereadoras independentes e focados com seus mandatos, estarão na presente na Marcha dos Vereadores, que acontece em Brasília/DF.

Conzatti, manifesta que a UVB, é a entidade municipalista mais antiga e tradicional do país, segundo o presidente da UVB, a luta se iniciou muito antes, da poderosa entidade dos prefeitos, que tenta a cada ano, através de alguns prefeitos e associações, induzir os membros do Poder Legislativo à participar em grande número, da marcha dos prefeitos, para dar volume em troca de uma carteirinha, ou benefícios pessoais dos prefeitos ou de entidade regionais.

A poderosa entidade municipalista, é uma associação em que as prefeituras descontam suas mensalidades diretamente do repasse do FPM, e serve somente para atender aos prefeitos e aos municípios, sendo que vereadores, ou representação de Câmaras de Vereadores, não tem direito ao voto, ou, a qualquer outra manifestação nas assembleias daquela entidade.

Para Gilson Conzatti, o vereador tem que participar é da Marcha dos Vereadores.

A Marcha dos Vereadores, (a UVB foi pioneira nas marchas à Brasília), surgiu no início da década de 90 até os anos 2000, retornou em 2013 e desde então, têm reunido vereadores de todo o país para defender temas municipalistas e especialmente, defender o Fortalecimento do Poder Legislativo.

A grande diferença entre as marchas e as entidades promotoras, é que prefeitos não querem o fortalecimento do Poder Legislativo, eles desejam a presença dos vereadores, para dar volume ao evento deles, tanto é verdade, que os noticiários divulgam como se fossem só prefeitos os participantes.

Enquanto que a UVB, realiza a Marcha dos Vereadores, para reafirmar o compromisso da valorização do Poder Legislativo Municipal, com os seus vereadores e com a pauta municipalista, que o Congresso Nacional e o Governo Federal, não têm dado a importância que os temas merecem, conclui Conzatti.

Prefeitos não tem interesse num Poder Legislativo Municipal forte, o que alguns querem, são vereadores que fazem de suas câmaras, sucursais de prefeituras e currais eleitorais de prefeitos, afirma Conzatti.

O presidente da UVB, destaca que existem exceções, mas, a maioria que leva vereador à Brasília, na marcha dos prefeitos, é para deixar claro que quem manda nos vereadores, são eles.

Conzatti, ressalta que nas eleições de mesas diretoras, em muitas Câmaras de Vereadores, as escolhas passam inacreditavelmente, pelo crivo e aprovação dos prefeitos que dão a palavra final, numa total submissão de uma maioria que se sujeita estar a serviço do prefeito em detrimento de uma sociedade, finaliza.

No Brasil, são mais de 57.900 vereadores e vereadoras, a programação da Marcha dos Vereadores de 2018, pretende ter um público limitado em 1500 parlamentares e o grande tema da Marcha dos Vereadores 2018, será O Novo Começa em Nós, que vai buscar uma reflexão sobre o papel do Poder Legislativo Municipal para com a sociedade e o desenvolvimento do município. Para 2019 a previsão de público é de 3.500 participantes, já que a organização vai buscar um local maior para aumentar a capacidade do público.

A UVB deseja um Poder Legislativo Municipal independente e livre, com obrigações com a sua comunidade. Independência e harmonia entre os poderes é diferente de submissão em troca de favores. O novo começa pela atitude.

Pacto Federativo, reformas estruturantes, defesa do municipalismo, não são pautas exclusivas dos prefeitos e sim da sociedade, por isso, que o Poder Legislativo Municipal, que é o poder que representa o povo na sua totalidade, está nesta luta, em harmonia e com muita independência do Poder Executivo Municipal.

Ter coragem e ousadia de libertar o Poder Legislativo. Fortalecer o papel e as funções do vereador, é o grande desafio da Marcha dos Vereadores 2018. A sociedade espera muito dos vereadores e de sua força política e não deseja ver um legislativo subserviente aos mandos do Poder Executivo Municipal.

Participar da Marcha dos Vereadores, é dizer sim ao Poder Legislativo Unido. Participar da Marcha dos Vereadores é dizer que o Legislativo é Forte e Independente.

A União dos Vereadores do Brasil – UVB, foi fundada em 16 de novembro de 1964, e não aceita submissão por parte dos vereadores em qualquer situação que seja.

Fonte: União dos Vereadores do Brasil

http://uvbbrasil.com.br/2015/?p=9605 

Comments powered by CComment